Categorias
Sem categoria

Atividade de quarentena, entrega de cestas básicas

A casa de Nazaré, neste ano de pandemia, de muito sofrimento, de doença, morte, desemprego, e sobretudo de ficar em casa, buscou solidarizar-se com as dores e angustias da comunidade, e vendo as necessidades básicas, mais gritantes, busca ajuda e comove os corações de quem tem (ainda) para compartilhar com que necessita.

A Casa de Nazaré tem conseguido, várias vezes, nestes 13 meses de luta contra o vírus da COVID 19, fazer uma ponte entre quem pode ajudar e quem precisa de ajuda para se alimentar, para manter os cuidados de higiene e sobreviver nesta conjuntura.

Aqui podemos ver, através de algumas fotografias, representantes de famílias que graças a estas ajudas não sucumbiram. E nas entrelinhas deste texto podemos ver quanta gente solidária se encontra em Ji-Paraná, e graças à solidariedade a Casa de Nazaré pode continuar trazendo alegria para as crianças e adolescentes, mesmo eles lá dentro de suas casas.

A solidariedade e a partilha acontece,

Mais uma vez,

Graças à solidariedade de pessoas comuns.

todos todas respeitando o distanciamento, usando máscaras e cuidando da higiene.

As cestas básicas são uma ajuda necessária

As famílias são em grande parte lideradas por mulheres

Mulheres lutadoras

GRATIDÃO!

Por: irmã Izabel Maia Galvão, presidenta da Casa de Nazaré

Por guardiadahistoria

Sou Mulher, brasileira, solteira, professora, religiosa consagrada (Católica) Antropóloga e Historiadora. Nasci quando o Brasil estava em estado de sítio, antes de completar 2 meses houve o golpe militar. Apesar de minha rebeldia, escapei do olhos, da prisão e da tortura e sobrevivi ilesa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.